Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013

Para todos os amigos do Blog Festas Felizes

Quando um homem quiser

Tu que dormes à noite na calçada do relento
Numa cama de chuva com lençóis feitos de vento
Tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que dormes só no pesadelo do ciúme
Numa cama de raiva com lençóis feitos de lume
E sofres o Natal da solidão sem um queixume
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

Tu que inventas ternura e brinquedos para dar
Tu que inventas bonecas e comboios de luar
E mentes ao teu filho por não os poderes comprar
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que vês na montra a tua fome que eu não sei
Fatias de tristeza em cada alegre bolo-rei
Pões um sabor amargo em cada doce que eu comprei
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

Ary dos Santos

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 10:15
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sábado, 21 de Dezembro de 2013

Escutando outro Mestre


 
sinto-me:
publicado por outeiroseco às 16:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Dois grandes Mestres

Foto de JB César

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 19:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2013

Faleceu a nossa conterranea Palmira

Faleceu a Srª Palmira Batista Ribeira, com 91 anos de idade, e o corpo encontra-se em câmara ardente na casa mortuária de Outeiro Seco. O funeral realiza-se amanhã (terça-feira), pelas 14h30 e vai a enterrar no cemitério de Outeiro Seco.
A toda a família enlutada, em especial ao seu genro João Manuel Barrocas, os mais sentidos pêsames.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 18:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 14 de Dezembro de 2013

O último adeus ao mestre Nadir Afonso

 
 
 
 
 
 
 

Foi a enterrar, hoje, no cemitério Municipal de Chaves o mestre Nadir Afonso. Muitos amigos prestaram-lhe a merecida homenagem e a consternação era bem visível em todos que marcaram presença. Ficam algumas imagens da saída da Igreja Matriz, paragem na casa onde viveu e foi mestre, e a sua última paragem no cemitério, que irá ter um lugar de honra pelo legado cultural e exemplo de vida.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 18:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013

Faleceu o mestre Nadir Afonso

 

Nadir Afonso nasceu em Chaves em 1920.

Faleceu a 11 de dezembro de 2013.

O corpo estará presente em câmara ardente na Igreja da Misericórdia de Chaves, realizando-se as exéquias fúnebres na manhã de sábado, 14 de dezembro.

--------

Diplomou-se em Arquitectura na Escola Superior de Belas-Artes do Porto.

Em 1946, estuda pintura na École des Beaux-Arts em Paris, e obtém por intermédio de Portinari uma bolsa de estudo do governo francês e até 1948 e em 1951 colaborador do arquitecto Le Corbusier e serviu-se algum tempo do atelier Fernand Léger.

De 1952 a 1954, trabalhou no Brasil com o arquitecto Oscar Niemeyer.

Nesse ano, regressou a Paris, retomando contacto com os artistas orientados na procura da arte cinética, desenvolvendo os estudos sobre pintura que denomina “Espacillimité”.

Na vanguarda da arte mundial, expõe, em 1958, no Salon des Réalités Nouvelles, o trabalho “espacillimités”, animado de movimento.

Em 1965, Nadir Afonso abandona definitivamente a arquitectura; consciente da sua inadaptação social, refugia-se pouco a pouco num grande isolamento e acentua o rumo da sua vida exclusivamente dedicado à criação da sua obra.

Em Janeiro de 2009 foi apresentado em Chaves o projecto da autoria de Siza Vieira da sede da Fundação Nadir Afonso, em obra.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 18:26
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

Ora que bela ramada

 
 
 
 
 

Fotos gentilmente enviada por Ivone Xavier da ramada de fumeiro dos vizinhos Joaquim e Elizabete.
Pois está de facto muito frio. E falaram em comer à volta da lareira..ora aqui está um belo exemplar do melhor que o porco nos dá..assim haja saúde para comer e saborear com os adereços que bem entenderem

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 17:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 8 de Dezembro de 2013

Mas que frio.. bbbrrrrrr

 

 

 
 
 
 
 
 

É por isso que esta terra é bela... o inverno é mesmo assim. Só desejo que todos tenham conforto nas suas casas. Bom fim de semana se possível à volta da lareira degustando da nossa melhor comida tradicional... os produtos derivado do porco, já que é tempo de matanças.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 10:55
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013

Casario de Outeiro Seco

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 19:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats