Quinta-feira, 8 de Abril de 2010

87 Primaveras. Parabéns amigo José Ferreira

O Blog foi informado que o nosso amigo José Ferreira, mais conhecido por José do Forno, foi aniversariante, ontem (por nascimento) e hoje (pelo B.I). Para ele sinceros votos de felicitações deste Blog, de quem tem recolhido muito da história local e com quem se partilha bons momentos.
Que a vida continue a dar-lhe muita saúde, a sempre boa disposição que o caracteriza e nós saibamos arquivar todo o seu saber acumulado pela experiência de vida e pela excelente memória que ainda conserva.

Bem haja e estamos muito gratos pela sua colaboração.

 



 

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 12:48
link do post | comentar | favorito
|
27 comentários:
De geno figueiras a 9 de Abril de 2010 às 18:38
Batalha do Lys

Trincheiras em La Lys.
Ingleses e portugueses, feitos prisioneiros em La Lys (região da Flandres) pelos alemães em 1918.A Batalha do Lys (conforme a historiografia francesa) ou Batalha de La Lys, também conhecida como Batalha de Ypres 1918, ou ainda Quarta Batalha de Ypres , e como Batalha de Armentières pela historiogafia britânica e alemã, deu-se entre 9 e 29 de Abril de 1918, no vale da ribeira da La Lys, sector de Ypres, na região da Flandres, na Bélgica.

Nesta batalha, que marcou a participação de Portugal na Primeira Guerra Mundial, os exércitos alemães, provocaram uma estrondosa derrota às tropas portuguesas, constituindo a maior catástrofe militar portuguesa depois da batalha de Alcácer-Quibir, em 1578.

A frente de combate distribuía-se numa extensa linha de 55 quilómetros, entre as localidades de Gravelle e de Armentières, guarnecida pelo 11° Corpo Britânico, com cerca de 84.000 homens, entre os quais se compreendia a 2ª divisão do Corpo Expedicionário Português (CEP), constituída por cerca de 20 000 homens, dos quais somente pouco mais de 15 000 estavam nas primeiras linhas, comandados pelo general Gomes da Costa. Esta linha viu-se impotente para sustentar o embate de oito divisões do 6º Exército Alemão, com cerca de 55 000 homens comandados pelo general Ferdinand von Quast (1850-1934). Essa ofensiva alemã, montada por Erich Ludendorff, ficou conhecida como ofensiva "Georgette" e visava a tomada de Calais e Boulogne-sur-Mer. As tropas portuguesas, em apenas quatro horas de batalha, perderam cerca de 7.500 homens entre mortos, feridos, desaparecidos e prisioneiros, ou seja mais de um terço dos efectivos, entre os quais 327 oficiais.

Entre as diversas razões para esta derrota tão evidente, têm sido citadas, por diversos historiadores, as seguintes:

A revolução havida no mês de Dezembro de 1917, em Lisboa, que colocou na Presidência da República o Major Doutor Sidónio Pais, o qual alterou profundamente a política de beligerância prosseguida antes pelo Partido Democrático.
A chamada a Lisboa, por ordem de Sidónio Pais, de muitos oficiais com experiência de guerra ou por razões de perseguição política ou de favor político.
Devido à falta de barcos, as tropas portuguesas não foram rendidas pelas inglesas, o que provocou um grande desânimo nos soldados. Além disso, alguns oficiais, com maior poder económico e influência, conseguiram regressar a Portugal, mas não voltaram para ocupar os seus postos.
O moral do exército era tão baixo que houve insubordinações, deserção e suicídios.
O armamento alemão era muito melhor em qualidade e quantidade do que o usado pelas tropas portuguesas o qual, no entanto, era igual ao das tropas britânicas.
O ataque alemão deu-se no dia em que as tropas lusas tinham recebido ordens para, finalmente, serem deslocadas para posições mais à rectaguarda.
As tropas britânicas recuaram em suas posições, deixando expostos os flancos do CEP, facilitando o seu envolvimento e aniquilação.
O resultado da batalha já era esperado por oficiais responsáveis dentro do CEP, Gomes da Costa e Sinel de Cordes, que por diversas vezes tinham comunicado ao governo português o estado calamitoso das tropas.

No entanto é de realçar o facto de a ofensiva "Georgette" se tratar duma ofensiva já próxima do desespero, planeada pelo alto comando da Alemanha Imperial para causar a desorganização em profundidade da frente aliada antes da chegada das tropas Norte-Americanas que nessa altura se encontravam prestes a embarcar ou já em trânsito para a Europa.

O objectivo do general Ludendorff no sector Português consistia em atacar fortemente nos flancos do CEP, consciente que nesse caso os flancos das linhas Portuguesa e Britânica vizinha recuariam para o interior das suas zonas defensivas respectivas em vez de manterem uma frente coerente, abrindo assim uma larga passagem por onde a infantaria alemã se pudesse lançar. Coerente com essa táctica e para assegurar que os flancos do movimento alemão não ficavam desprotegidos, os estrategas alemães decidiram-se a simplesmente arrasar o sector Português com a sua esmagadora superioridade em capacidade de fogo artilheiro (uma especialidade alemã), e deslocando
De geno figueiras a 9 de Abril de 2010 às 17:54


9 de Abril

- de 1626. Morte do filósofo inglês Francis Bacon.
- de 1865. O general Lee rende-se ao general Grant pondo fim à Guerra de Secessão nos EUA.

- de 1918. Batalha de La Lys.

- de 1940. A Alemanha invade a Dinamarca e a Noruega
De geno figueiras a 9 de Abril de 2010 às 17:21
o leonor hoje e sexta feira?.!????!!!!!!
De leonor.moreira a 9 de Abril de 2010 às 13:45
Boa tarde a todos!
Olá Geno,então que dia é hoje?
9 de Abril de 1918
Vamos lá ao trabalhinho de pesquisa,homem!

Vem mesmo a propósito!
Um tio do Sr.Zé do Forno tb integrou o CEP...E veio doente,mto doente...mto precisava de ouvir o Sr.Zé a falar sobre este assunto!...
De Manuel Ferrador a 9 de Abril de 2010 às 10:41
Os meus sinceros parabéns ( ainda que com atraso) ao Sr. José Ferreira, (Zé do Forno), pelas primaveras que já conta. Faço votos para que a saúde não lhe falte e que possamos desfrutar da sua companhia por muitos e longos anos.
De leonor.moreira a 9 de Abril de 2010 às 10:17
Curiosidade!!!
Já repararam q a letra dos coments da Lula,está um cibo mal desenhada ou tremelicada.
Que será?
Pronto miuda,não é caso para me aboucares logo de manhã.
De leonor.moreira a 9 de Abril de 2010 às 10:13
Olá,olá a todos,que lindo dia !

Amigos
Então o livro está a dar que falar aí pela aldeia.
Que bom!
Até eu estou ansiosa por vê-lo...pois,como diz ali o nosso Administrador,falta money para o publicar..difícil....esperemos q o projecto se concretize.
Será um óptimo registo para deixarmos aos filhos e tb não esquecer um bom contributo para a AMA.
CUMPRIMENTOS A TODOS E PASSEM UM BOM DIA
leonor.moreira
De Albertina a 9 de Abril de 2010 às 09:25
Bom dia caros amigos e amigas:

Tenho pena de não ter podido visitar a Blog, ontem. Mas para se saudar um Amigo, nunca é tarde. Não sabia que o Sr. José nasceu no mesmo dia do meu Pai,(7 de Abril). O Sr. José do Forno, é uma figura ímpar da nossa Terra: Pelo seu saber, pela sua simpatia e educação é um exemplo para todos nós. Muitos parabéns Sr. Zé, oxalá vá gozando de saúde e disposição durante muitos mais anos, para nos transmitir tudo o que sabe. Um abraço muito amigo da Albertina Ferrador e Família.

De Lurdes. Figueiras a 9 de Abril de 2010 às 00:26
nao sei o q aconteceu a flor saltou la pracima....
De Lurdes. Figueiras a 9 de Abril de 2010 às 00:24
a outra coisa, eu tb sempre reparo em tudo...desculpem lá mas ouvi dizer muitas vezes que quando se da menos anos as pessoas esta a dar-se anos de vida...

Boa noite a todos! e esta flor e para o Sr. Zé

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats