Domingo, 31 de Outubro de 2010

Chegou o rio! Chegou o rio

Desta vez foi o Joaquim Ferrador quem deu a boa nova, e mais uma vez o “vaidoso” chegou a um domingo mantendo a sua tradição de se fazer aparecer neste dia da semana.

É que sendo domingo, o povo ao passar na ponte a caminho da missa, pode vê-lo a espraiar-se no seu leito há muito preparado para a sua chegada. Se chegasse num dia de semana, haveria gente que ocupado nos seus afazeres, só daria por ele, quando porventura passasse na ponte.

A chegada do rio é sempre um acontecimento marcante na aldeia. Mesmo para quem mora longe nas conversas com a família pergunta.

- O rio já chegou?

- Ainda não e bem falta nos faz!

- Faz-lhe falta! P’ra quê?

- Olha para lavarmos alguma roupa.

- Homessa! Agora com um tanque no pátio e a máquina de lavar em casa.

- Oh, mas não é a mesma coisa.

A outra coisa é o convívio que o rio permite entre as mulheres do povo, cada vez mais ligadas nos programas da televisão, e menos às conversas com os vizinhos.

Longe vão os tempos das grandes colónias de lavadouros, que se estendiam das Fontainhas aos Pelames, e das cantorias das mulheres enquanto lavavam as roupas e os cântaros do leite. Umas procuravam os lavadouros onde houvesse maior concentração de mulheres precisamente para melhor cuscarem. Outras mais reservadas preferiam os lavadouros mais afastados. Era o caso da Zulmira também ela leiteira  que do seu canto cantava:

A salgueira quando cresce /  Deita a raiz para o lodo / Eu não falo de ninguém / De mim fala o povo todo.

Quando o sobreiro der vaga / E a cortiça for ao fundo / Só então se hão-de acabar / As más línguas deste mundo.

Um beijinho para a Zulmira recentemente operada e as suas rápidas melhoras.

Nuno Santos

 

 

 

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 13:54
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De J.A.S FCP Nr.102214 a 1 de Novembro de 2010 às 21:02
BOA NOITE!
COM QUE ENTÃO O RIO CHEGOU EM PLENOS SANTOS...
SERÁ UM BOM PRENUNCIO?...
OXALÁ QUE SIM...
De Mara a 1 de Novembro de 2010 às 14:34
Boa tarde!

Amigos, o rio já corre.. mas veio antes do domingo! :)

6ª feira ou sábado, não tenho bem presente o dia, já corria, fruto das chuvas que caíram, e foi um regalo vê-lo da minha varanda! Começamos a ouvir o barulho da corrente, tão característico, dizíamos que era a chuva.. ou seria o rio.. realmente era o rio!

Esperemos passar o Inverno a vê-lo sempre no seu leito, sem que transborde.
De Nuno Santos a 1 de Novembro de 2010 às 15:24
Olá amigos e amigas,
Oh Mara! o rio chegou de facto no domingo, mas no dia 24 de Outubro. O texto é que foi só agora publicado.
O Joaquim Ferrador deu logo nesse dia a boa nova no adro da igreja.
Um abraço,
Nuno
De Mara a 1 de Novembro de 2010 às 18:21
Olá Nuno!

Agora entendi. De facto estava a achar estranho.. Pois seria dia 24, o certo é que só com as chuvadas dos últimos dias é que se mostrou e se fez ouvir com força!
De Lula a 1 de Novembro de 2010 às 13:56
Bom dia amigos(as)!!! Viva chegou o ri novo..quereis ver que ninguem tem aparecido por estar admirar o dito cujo.As fotos espectaculares e o texto nao se fica a tras obrigada por compartilas com todos nos.

Miudas como estiveram os Santos? bah fazei um resumo do evento…uma coisinha breve eu nao sou mt exigente ;0-)

Já sei as burrecas nao mudaram a hora e nao sabem as quantas andam hihihihi


De geno a 31 de Outubro de 2010 às 17:49
Afonso Rodrigues
nascimento 25 de Julho de 1532 em Segóvia, Espanha
Falecimento 31 de Outubro de 1617
Veneração por Igreja Católica
Beatificação 1825
Canonização 6 de Setembro de 1887
Principal templo Maiorca
Festa litúrgica 31 de Outubro
De geno FIGUEIRAS a 31 de Outubro de 2010 às 17:51
Rodrigues SJ, nascido Alonso Rodríguez, (Segóvia, 25 de Julho de 1532 — Palma de Maiorca, 31 de outubro de 1617) foi um sacerdote jesuíta espanhol.

Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai, assumiu os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares, com quem teve dois filhos; todos, com o tempo, faleceram. Ao entrar em crise espiritual por esse motivo, Afonso entrega-se à oração, à penitência e dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser irmão religioso e assim, assumiu grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Superando isso, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como irmão, e depois do noviciado, foi enviado para o colégio de formação.

No colégio, desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços, e dentre as virtudes que conquistou, foi, para os fiéis, a obediência a sua prova de verdadeira "humildade".

Tinha como regra: "Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a vontade divina". Este "Santo", com sua "espiritualidade", alegadamente ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver. Quanto ao futuro apostolado na Colômbia.

Santo Afonso Rodrigues, sofreu muito antes de morrer em 31 de outubro de 1617. A sua festa celebra-se no dia 31 de Outubro, dia da sua morte
De geno FIGUEIRAS a 31 de Outubro de 2010 às 17:35
ACONTECIMENTOS NO MÊS DE OUTUBRO
AO LONGO DOS TEMPOS.
31 de Outubro

- de 1391. Nascimento do rei D. Duarte (1391-1438), décimo primeiro rei de Portugal.

- de 1451. Nascimento do descobridor da América, Cristóvão Colombo (1451-1506), em Génova, Itália.

- de 1902. Nascimento do escritor brasileiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Itabira, Minas Gerais.

- de 1922. Após a realização da Marcha sobre Roma, Mussolini foi convidado pelo rei de Itália a formar governo.

- de 1984. Morte de Indira Gandhi (1902-1984), primeira-ministra da Índia, assassinada por dois dos seus guarda-costas Sikhs.


De boageno a 31 de Outubro de 2010 às 17:15
boa tarde para todos.

Rio de água limpa e fresca
Que a todos pode saciar.
Basta que todos nós saibamos
Dele muito bem cuidar.
E o rio, extenso, caudaloso,
Toda floresta percorre.
A quem irá servir, não escolhe.
Seja homem, seja animal,
Seja um pássaro, seja uma flor,
A todos ele sacia a sede,
Com todo o seu frescor.
E segue sua caminhada
Formando lagos,
Formando lagoas,
Até chegar ao mar
E, ali, seu percurso terminar.
De Manuel Ferrador a 31 de Outubro de 2010 às 15:41
Olá amigos e amigas
Não sendo novidade a chegada do rio neste fim de Outubro, é sempre bem vindo. É um desconsolo olhar para o seu leito e não vislumbrar água a correr. Faz muita pena que o Verão no-lo roube, pois quando mais falta faz é que desaparece.
Não poucas vezes penso na falta de capacidade que desde sempre se tem demonstrado em não aproveitar integralmente a riqueza das suas águas, pois com pequenas barragens, devidamente implantadas no seu leito, poderíamos ter água armazenada para satisfazes as necessidades de rega dos campos que ladeiam as suas margens. Não esqueço que há três ou quatro anos, visitaram este País, técnicos israelitas para nos darem dicas sobre o aproveitamento da água dos nossos rios, e disseram que nunca viram tanto desperdício do precioso liquido. Afirmaram até que temos uma riqueza impar que lançamos quase intacta no oceano. Eles sabem o que dizem, pois em Israel vivem contando apenas com o rio Jordão. Talvez que um dia saibamos aplicar o nosso dinheiro de forma mais criteriosa e a favor dos que mais precisam.

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats