Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

O rio virou campo de futebol

O Vale do Boi é um micro espaço do nosso termo que, fica na margem esquerda da ribeira da torre, embora localmente seja mais conhecida por rio pequeno. É um local muito bucólico, composto de um pequeno vale com apenas de três pequenos lameiros e uma encosta convertida em pinhal, que o resguarda da nortada quando sopra dos lados do S. Caetano. Este monte serviu no passado a António (Zeu) Dias Ferreira, familiar do proprietário, e a mais dois companheiros, António Barroco e Adelino Afonso, para uma experiência mal sucedida, na descoberta do el dourado da época, o volfrâmio.

Do outro lado do rio designado por Cotete fica um grande lameiro, outrora um único e propriedade de José do Rio, foi mais tarde dividido em sortes e arrendados a vários rendeiros, pese embora continuassem a pertencer exclusivamente a um único proprietário, o sr. Silvino Vitorino mais conhecido por Barrigudo, ainda que até nem fosse assim tão gordo para justificar esta nomeada.

Na década de sessenta, os meus pais traziam de renda um dos lameiros do Vale do Boi, dos poucos que não era propriedade do Barrigudo mas da família da D. Maria Eugénia Dias Ferreira. Era ali que eu passava a maioria das minhas tardes de verão, juntamente com o meu primo Cesário, que, por razões que eu não entendia muito bem, passava grandes temporadas em casa da minha avó Maria, tornando-se por isso no seu pastor.

Havia muitos mais miúdos rapazes e raparigas entre os quais; a Palmira, a Luísa Bigodona, o Zé Fernando, e o Arlindo Gonçalo, e o Agostinho Moura. A este grupo juntava-se o Norberto, que embora o seu lameiro fosse um pouco mais distante, tinha a vantagem de ser vedado, bastando-lhe assim tapar o portal para a cria não sair.

Como a nossa cria também não dava muito trabalho, a bem dizer, tínhamos a tarde livre para fazermos o que bem entendêssemos, nomeadamente; jogar à bola, às cartas, ou tomar banho na água da ribeira. As cartas mais usadas eram umas compradas em Espanha, um modelo ilustrado ainda existente, mais sugestivas que as cartas tradicionais. O naipe de Espadas eram mesmo espadas, assim como as copas, os ouros moedas em ouro e os paus eram um cacete. Curioso era os três de paus a quem chamávamos o “colhões atado”. Quando não havia cartas originais o meu primo Cesário fazia-as de caixas de cartão das camisas.

O banho era mais complicado, não só porque nos meses mais altos a água secava mesmo, mas enquanto corria a água era muito fria, por causa da sombra que dos amieiros.

Quando a ribeira secava o leito do rio transformava-se num pequeno areal do feitio de um campo de futebol. Ora o futebol antes como agora, exerce um enorme fascínio na garotada, e este campo tinha uma vantagem para os guarda redes que poderia fazer voos e cair na areia sem se magoar, e como do grupo fazia parte o Zé Fernando que viria a ser o guarda redes principal da equipa da aldeia, um dia, decidimos criar ali um campo mesmo a sério, com balizas e tudo.

 E se quando o homem pensa a obra nasce, também nós pensamos e fizemos o campo. Para isso, cada um de nós trouxe à socapa dos pais uma machada para cortamos amieiros, dos muitos que havia nas margens do rio, fazendo com eles os postes e as traves das balizas. Os amieiros são propriedade dos donos das entestadas, que neste caso eram do Barrigudo, o qual alguém avisou do nosso belo trabalho.

Assim um dia, enquanto nós jogávamos no improvisado campo, fomos surpreendidos com a presença do Sr. Silvino e da D. Ritinha sua mulher, que foram ver in-loco a nossa obra-prima.

Em breve identificaram o sítio onde os amieiros tinham sido cortados, dizendo que nos iam denunciar aos nossos pais e à guarda. À guarda não nos denunciaram, mas fizeram-no aos nossos pais, com quem acordaram encerrar o caso, desde que os amieiros lhe fossem ter a casa. Uma vez que já não podiam ser aproveitados para a serração, ou para vender aos soqueiros, serviriam ao menos para lenha no inverno.

 E foi pela hora sesta num dia quente de verão que o grupo de castigo carregou os amieiros às costas, tal como Cristo o fez com a cruz do pretório ao calvário, nós fizemo-lo do Vale do Boi a casa Sr. Silvino. Não sei quantas vezes eu mudei a carga de ombro, nem o estado em que eles ficaram. Só sei que esse desconforto me marcou de tal forma, que ainda hoje na altura da festa, eu me recuso a carregar os andores.

Nuno Santos 

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 10:30
link do post | comentar | favorito
|
43 comentários:
De GENO FIGUEIRAS☺ a 22 de Julho de 2011 às 17:05
Maria Madalena é descrita no Novo Testamento como uma das discípulas mais dedicadas de Jesus Cristo. É considerada santa pelas igrejas Católica, Ortodoxa e Anglicana, sendo celebrada no dia 22 de julho. É também comemorada pela Igreja Luterana com festividades no mesmo dia. A Igreja Ortodoxa também a celebra no segundo domingo após a Páscoa. O nome de Maria Madalena a descreve como sendo natural de Magdala, cidade localizada na costa ocidental do Mar da Galileia.
De GENO FIGUEIRAS☺ a 22 de Julho de 2011 às 17:10
Nascimento Século I AD em Magdala (?)
Morte Século I AD em Éfeso (?)
Veneração por Igreja Católica,Igreja Anglicana e Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 22 de Julho
Atribuições Ocidente: Alabastro com pomada, cabelos longos e agarrada à parte inferior da cruz.
Oriente: pote de pomada de mirra, segurando um ovo de páscoa (símbolo da Ressurreição), abraçando os pés de Cristo após a Ressurreição.
Padroeira Atrani, boticários, cabeleireiros, Casamicciola Terme, convertidos, curtumeiros, Elantxobe, fabricantes de perfumes, fabricantes de luvas, farmacêuticos, La Magdeleine, mulheres, pecadores arrependidos, pessoas ridicularizadas por sua piedade, prostitutas, tentação sexual e vida contemplativa.
De GENO FIGUEIRAS☺ a 22 de Julho de 2011 às 17:01
22 de Julho

- de 1941. Invasão da União Soviética pelo exército alemão, dando início à «Operação Barbarossa».
De Lurdes a 22 de Julho de 2011 às 12:40
Ola amigos(as)! Happy sexta feira!!!!!! Ouviste bff a hitoria do amigo Vasco já esta nas maos do amigo Nuno....até já e quando chegares da um apito suave pra que nao me assustes ok?
De vasco sobreira garcia a 22 de Julho de 2011 às 12:26
eta nós quanta cultura
olha a minha história já está com o nuno geno maravilha é sempre bom saber nem que seja só um pouquinho mais abraços para todos e bom fim de semana vasco
De GENO FIGUEIRAS☺ a 21 de Julho de 2011 às 18:00
21 de Julho

- de 1773. Clemente XIV dissolve a Companhia de Jesus, por meio da bula «Dominus ac Redemptor». Será restaurada em 1814 por Pio VII.

- de 1798. Batalha das Pirâmides, em frente ao Cairo, entre o exército francês comandado por Napoleão Bonaparte e os Mamelucos, casta militar que dominava o Egipto. Os franceses vencem a batalha e ocupam o Egipto durante 6 anos.

- de 1831. Leopoldo, príncipe de Saxe-Coburgo-Gota, presta juramento sobre a Constituição Belga, como primeiro Rei dos Belgas.

- de 1899. Nascimento do escritor Ernest Hemingway (1899-1961) no Illinois, Estados Unidos da América. Foi prémio Nobel da Literatura em 1954. Doente, suicidou-se com um tiro em 2 de Julho de 1961.


De GENO FIGUEIRAS☺ a 21 de Julho de 2011 às 18:03
São Lourenço de Brindisi, nascido Giulio Cesare Russo (Brindisi, 22 de julho de 1559 - Lisboa, 22 de julho de 1619) foi membro da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. É venerado como santo pela Igreja Católica: foi beatificado em 1783 pelo Papa Pio VI, canonizado em 1881 pelo Papa Leão XIII e proclamado Doutor da Igreja em 1959 pelo Papa João XXIII com o nome de Doctor Apostolicus; festa litúrgica em 21 de Julho.

Nasceu em Brindisi, no Reino de Nápoles, de uma família de mercadores venezianos. Estudou em Veneza no Colégio de São Marcos e aderiu à ordem dos capuchinhos em Verona a 19 de Fevereiro de 1575 adoptando o nome de "irmão Lourenço". Recebe instrução na Universidade de Pádua. Óptimo linguista, falava fluentemente muitas línguas europeias e semitas.

Entre 1594 a 1597 foi vigário da província dos Capuchinhos no Véneto, sendo eleito vigário geral em 1602, iniciando um périplo pelas restantes províncias da Ordem. Morre em Lisboa e é sepultado em Villafranca del Bierzo.
De Lurdes a 21 de Julho de 2011 às 17:20
hey bff tou almoçar! Queres? Isto nem é bem almoço é mais como um aperitivo, mas pro que eu como chega e sobra,comida mexicana, muito boa alias depois da comida portuguesa é a minha preferida. Xiu miuda eu ate como bem mas é pra que o pessoal nao pensem que sou comilona entendes!
De Lurdes a 21 de Julho de 2011 às 16:15
bff tas aqui? Ahahah of bff lembrei-me de uma coisa, mas estou com medo que me ralhem se falo aqui é que nao tem haver com o post. Quero perguntar-te um coisa, olha tenho um cravo num dedo, acho que nasceu depois de um dia eu estar a contar as estrelas, e por mais remedio que lhe dei-te o raio do coiso nao sai até acho que tem crescido mais. Sabes havia ou há um mito que se encontrar uma folha de couve pelo caminho que esfrega-se o coiso e nao olha-se pra tras, que depois dali a uns dias desaparecia mas o pá como aqui eu vou encontrar a folha de couve! Alguma outra ideia miuda pra fazer este coiso go way!
De leonor moreira a 21 de Julho de 2011 às 19:18
Estou, diz!

Ahaha..essa do cravo, olha mas quem te mandou contar as estrelas?
Só te metes em sarilhos...és como a canalha.
Pega lá a folha da couve e não olhes para trás...

Agora lembrei-me que o Geno tinha uma história pra contar, como é?
De Lurdes a 21 de Julho de 2011 às 15:59
pois....oh mas aqui ainda nao é hora de almoço! vou comer nem sei o que miuda. tenho ali uma cena mas ainda nem vi o que é....calor nem quero falar nisso olha que hoje ate tive de tomar o pequeno almoço no quarto....e que estava mais fresquinho.Gosto do verao mas estas temperaturas estao demais.
Eu tenho uvas e morangos pra que quero a tua pera! Bem se e das duras ainda aceito se e das moles come-a tu ;) e que gosto de rilhar entendes?
De leonor moreira a 21 de Julho de 2011 às 15:42
Pois, mas neste blog, sabes bem que não se pode eliminar comentários como nos nossos...

Calor, nem me fales, fui à rua e cheguei a pingar.
O que almoçaste?
Vou comer uma pêra, queres?
De Lurdes a 21 de Julho de 2011 às 15:19
pois por uma pessoa ter ideias nao custa nada nao? xiu ate deverias safar o teu e meu comentarios pro pessoal nao dar conta dessa cena.
Calor! Esta aqui miuda os proximos dias vamos ser atingidos por um heat wave...todos os anos e a mesma historia

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats