Terça-feira, 1 de Novembro de 2011

Dia dos fiéis defuntos

 

Faz parte da tradição, hoje dia 1 de Novembro, dedicar o dia aos que já não estão entre nós. Um dos usos na nossa terra é realizar um ofício de almas e embelezar com devoção alterares das igrejas, capelas e sepulturas, iluminando-as.
As senhoras Alice e Laurinda fazem parte de uma comissão, que procedem a um peditório para angariar fundos para as despesas necessárias.
Bem hajam caras conterrâneas pela dedicação à causa pública.

Bom feriado para todos os amigos deste cantinho da amizade

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 10:16
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 3 de Novembro de 2011 às 17:00
Amigo Nuno agora não estão lá os "Santos", e em Chaves o Dia dos Fiéis Defuntos continua com a Romagem aos cemitérios da cidade no dia 2 de Novembro. Aliás isto sempre foi assim, e olha que o cemitério novo fica vem longe da cidade.
Em algumas aldeias, como esse dia é de trabalho pedem aos Srs Padres para fazerem a romagem dia 1, que é Dia de todos os Santos. Só dia 2, é que é o Dia dos Fiéis Defuntos. Em Outeiro Seco é 2 em 1. Por isso a confusão de alguns Outeirosecanos. Uma boa tarde para ti embora com muita chuva....Abraço
De Anónimo a 3 de Novembro de 2011 às 15:37

Olá Lurdes em relação à mudança do Post, só uma pequena curiosidade. No México, o Dia dos Mortos é uma celebração tão alegre e colorida que a UNESCO declarou a festividade como Património da Humanidade. Em Portugal, no dia de homenagear quem partiu só há uma cor - a da saudade, que tenta atenuar-se com o bálsamo de flores frescas, tradição católica que nem a crise nem a vida moderna fazem esmorecer. Em todo o País, os cemitérios enchem-se em Novembro.
AO TRATAR DAS CAMPAS, AS FAMÍLIAS TRATAM TAMBÉM DOS AFETOS. Não é uma festa é a comunhão possível.
Um abraço
De Anónimo a 3 de Novembro de 2011 às 15:18

Olá Nuno
Como estás. Só uma pequena correção, em Chaves (cidade) as romagem aos 2 cemitérios é no dia 2 de Novembro Dia dos Fiéis Defuntos. Um abraço
De Nuno Santos a 3 de Novembro de 2011 às 16:29
Sim, mas também por causa da comemoração dos Santos na cidade.Estarás lembrado(a) que antes o parque das diversões situava-se precisamente nas imediações do cemitério. Os matraquilhos de um lado e de outro do Terreiro de Cavalaria, com excepção do stand do Romualdo, o qual ficava quase encostado ao muro do cemitério. A pista dos aviões e o carrocel, ficavam mesmo no largo do monumento, assim como o poço da morte de fronte ao prédio do restaurante galo. Depois junto à linha do comboio quase até ao cemitério, ficavam os carrinhos de choque. E ainda havia o Comboio Fantasma na avenida do cemitério do outro lado ao Romualdo.
Mas os que se deslocam propositadamente de outras terras, para a tal vista de afectos de que tu falas, também o fazem no dia 1, porque ainda nesse dia ou o mais tardar no dia seguinte, retornam às suas terras de acolhimento.
Cumprimentos,
Nuno Santos
De Lurdes a 3 de Novembro de 2011 às 11:36
Ola amigos(as) olhai nao e por nada mas acho que ja deviamos ter outro post .......anyway é so uma ideia!
Um bo dia pra todos!
De Nuno Santos a 2 de Novembro de 2011 às 20:58
Olá amigos,
O dia dos fiéis defuntos é no dia 2 de Novembro, e não no dia 1, sendo este dia, dedicado a Todos os Santos, curiosamente em Chaves coincide com a feira anual, o que desvirtua um pouco esta data.
O culto de rezar pelos mortos em especial por aqueles que não tinham ninguém que rezasse por eles, vem já do século II, mas só no século V, a igreja dedicou oficialmente este dia, aos fiéis defuntos. Dele faz parte uma procissão de velas e a celebração de um ofício o qual se designa por Ofício de Almas.
A procissão das velas há já muitos anos que passou a realizar-se no final do dia 1, aproveitando o facto de ser feriado. Ainda que a contra gosto da juventude cujos pais mais conservadores os impedia de se divertirem nos Santos. Já o ofício das almas não tem data fixa, dependendo da disponibilidade dos padres celebrantes, ainda que nos anos em que o Sr. Padre João Sanches celebrou em Outeiro Seco, este ofício celebrou-se sempre no dia 1 de Dezembro, também por ser dia feriado. Nos últimos anos a sua celebração não tem data fixa, e este ano vai realizar-se no dia 19 de Novembro.
Ultimamente este culto tem-se mercantilizado, já não é só a romagem aos cemitérios para rezar mas para ornamentar sumptuosamente, as campas ou túmulos, com flores. Contudo esta prática é recente, porque há muitos anos atrás, só as grandes famílias tinham túmulos, o povo era enterrado nas igrejas.
Foi a partir de 1844 que o então primeiro-ministro Costa Cabral, proibiu o enterro dos mortos nas igrejas, aparecendo então os cemitérios. Esta medida foi muito contestada, e esteve na origem da revolta da Maria da Fonte, uma mulher do Minho, mais propriamente de Póvoa de Lanhoso, que, encabeçou o movimento contra esta medida do primeiro-ministro Costa Cabral.
Um abraço,
Nuno Santos
De Lurdes a 2 de Novembro de 2011 às 13:13
Olá amigos(as)!!!!!! Acabram-se os Santos né! Agora toca meter mao ao trabalho.
Parabéns as duas damas simpaticas ali em cima !!!

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats