Quarta-feira, 23 de Outubro de 2013

Biblioteca Itinerante

“A opção inicial por bibliotecas itinerantes foi motivada sobretudo pelo facto de grande parte das populações não terem tido antes contacto com este tipo de serviço, tornando-se essencial que a biblioteca se deslocasse até elas. O cerne deste serviço era o leitor e as suas efectivas necessidades, desde a falta de tempos livres à escassez de meios de deslocação. Por outro lado, devido ao valor material do livro, este era acessível, na época, apenas às classes mais favorecidas. Com os veículos móveis era possível chegar ao Portugal das aldeias e dos pequenos lugarejos de habitações dispersas. Este serviço era em muitos casos o único contacto com os livros que se possibilitava a um elevado número de populações. Não disponibilizava apenas leitura lúdica (embora esta fosse a mais saliente) mas também leitura informativa e formativa, abarcando o maior número de temáticas possíveis e incluindo manuais de estudo oficiais. A escolha do fundo documental obedecia a critérios definidos por uma comissão e era publicado num catálogo actualizado regulamente. No acervo das obras disponíveis iam-se incluindo mesmo, embora lentamente e de forma reservada, algumas obras não muito do agrado dos dirigentes políticos do Estado Novo. A princípio, em 1958, foram colocadas em circulação 15 bibliotecas itinerantes (sobretudo na região de Lisboa e litoral), mas o seu crescimento inicial foi deveras acentuado, sendo que em 1961 já circulavam pelo país (estendendo-se ao interior) 47 veículos da marca Citroen. O pessoal que assegurava o funcionamento destas unidades móveis, era constituído por dois elementos: o auxiliar e o encarregado, este último responsável pela biblioteca, a quem competia orientar o leitor nas suas escolhas de leitura. A partir do início da década de 70 o projecto Serviço de Bibliotecas Itinerantes vê a sua sustentação fragilizada no seio da Gulbenkian, pois esta pretendia que as despesas (bastante elevadas e com um 'retorno' algo dúbio) fossem repartidas com o poder central e local. A 20 de Fevereiro de 1974 chegou mesmo a haver uma reunião onde se discutiu a extinção do serviço.” Extraído da Wikipédia
Outeiro Seco também teve o privilégio de ter esse serviço que parava no largo em frente à taberna do meu pai. O encarregado e o auxiliar foram, durante muito tempo, o Sr Carvalho e o Sr Abílio.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 18:04
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De vasco sobreira garcia a 27 de Outubro de 2013 às 18:49
que maravilhoso assunto
quantas vezes em casa e fora também comento sobre essa biblioteca da f gulbenkien que tantas vezes lá ia com o livro de baixo do braço para o lameiro do cotete mas vou contar-vos um segredo às vezes não lia todo o livro mas mesmo assim acho que foi de muita importancia quem gostava de ler e eu não só gostava como ainda gosto embora ultimamente tenha lido muito pouco
De outeiroseco a 27 de Outubro de 2013 às 10:57
Obrigado a todos que me desejaram felicidades no meu aniversário. Para vocês todos a minha gratidão
De Lurdes a 27 de Outubro de 2013 às 01:38
Parabens ao Eng. Altino e que venham muitissimos mais cheios de muita saude e alegrias!

cmps
De Artur Moura a 26 de Outubro de 2013 às 21:29
Bem lembrado João, O adm. está de parabéns e nós estamos a fazer votos para que ele tenha um dia bem recheado de coisas boas.
Parabéns Eng. Altino.
Abr. e Bjs da Carminda
De JAS FCP Nr.102214 a 26 de Outubro de 2013 às 00:35
Olá amigos!
Hoje temos festa rija no nosso cantinho, sabem porque?...
O nosso administrador faz anos!...
Parabéns amigo A.R , desejo que esta data se repita por muitos e bons anos cheios de paz, saúde e amor!...
Feliz aniversário!
Abraço amigo e Portista!
De Albertina a 24 de Outubro de 2013 às 11:14
Bom dia Amigos!

Também a mim este post traz alguma saudade.As Bibliotecas Itenerantes da Fundação Calouste Gulbenkian, proporcionaram-me grandes momentos de leitura e lazer. Quando chegava a Biblioteca ao "Largo do Sr.Zé Merceana", lá ia eu fazer a minha requisição de livros. Também comecei com os infantis e juvenis, mas foi sobretudo a obra Camiliana, de Júlio Dinis ( ai a Morgadinha dos Canaviais, As Pupilas do Sr. Reitor e Uma Família Inglesa, fizeram as minhas delícias). Lembro-me ainda do livro "Mulherzinhas" e "O Monte dos Vendavais" dos quais de momento não recordo os autores. Nesse tempo, do Eça de Queiroz só li A Cidade e as Serras (que era obrigatório para o meu curso), pois ao Crime do Padre Amaro e a Os Maias, éra-nos vedado o acesso. Nas Bibliotecas Itenerantes da Gulbenkian, cimentei o meu gosto pela leitura, que felizmente mantenho e acredito manterei sempre.
Um abraço.
De Nuno Santos a 24 de Outubro de 2013 às 08:09
Devo sobretudo à biblioteca itinerante da Gulbenkian, o meu gosto pela leitura, apesar de lá por casa haver vários livros sobretudo de cariz religioso, comecei pela leitura dos livros infantis, os três porquinhos, a branca de neve, o cacete mágico. Depois passei para as biografias do Daniel Boone, Búfalo Bill e David Crocket os heróis conquistadores do oeste americano, que completávamos a sua saga vendo as séries na televisão espanhola no Marconi recentemente falecido(paz à sua alma.
por essa altura li ainda as biografias de Beethoven, Mozart mas também de Leonardo da Vinci, antes de passar aos clássicos como a rosa do adro, amor de perdição livros que me fizeram chorar imenso. Li nessa altura quase toda a obra camiliana, mas também de Júlio Dinis e algum Eça de Queirós.
Era uma festa o dia em que a biblioteca chegava à aldeia. Em Chaves tinham os seus serviços junto ao Castelo onde agora funciona serviços do Museu Flaviense, antes do Sr. Carvalho houve ainda um outro colaborador que já não recordo o nome. O Sr. Carvalho acumulava ainda funções com a de maestro da Banda dos Pardais e o Abílio mais conhecido por Lenine chegou a ser várias vezes candidato à Junta de Outeiro Seco nas listas da CDU.
Este é um post que me trás alguma nostalgia, um abraço,
NunoSantos

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos

.Visitas


View My Stats