Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Registar a memória é um dever de cidadania

outeiroseco, 18.11.07

Aqui se apresentam alguns naturais de Outeiro Seco, alguns ainda entre nós que dão vida à nossa terra e que muitos ensinamentos dão às novas gerações. Está na altura de registar a sua experiência de vida e partilhála com os seus concidadãos.

 Temos pessoas qualificadas na terra para fazer esse exercício de cidadania.

 

 A propósito transcrevemos um extracto do livro “Um Património Vivo feito por Mãos Amigas” do artigo “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” da autoria de Manuel Ferrador

 

“…E quando se sonha com objectivos concretos, a obra nasce. Foi assim que, em Outeiro Seco, um grupo de pessoas, filhos dilectos desta freguesia, sonharam ser possível a criação duma Associação que venha colmatar as necessidades de carinho e amparo aos naturais e residentes que por circunstâncias diversas, designadamente a idade, venham a necessitar de uma Mão Amiga…”

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.