Terça-feira, 13 de Julho de 2010

Concurso de Fotografia

Olá pessoal...como estamos de fotos para o concurso "Outeiro Seco tem pinhta".?Ainda não chegou qualquer foto. Será que estão à espera pelo último dia? Vamos lá  enviar as 5 fotos que seleccionaram. A foto que vos mostramos hoje é um bom ponto de partida..não custa nada..é so um pequeno esforço que devem fazer com prazer. Tirar fotos e ver o resultado acreditem que dá muita satisfação.
Aguardo ansiosamentre pelas primeiras...

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 23:17
link do post | comentar | favorito
37 comentários:
De Lurdes.Figueiras a 15 de Julho de 2010 às 02:25
oal a todos(as) cheguei um pouco tarde mas aqui estou e ja li e registei as ideias do Berto que me pareceram magnificas. oh bff sabes meio andei a treinar a tirar pics e em algumas sabes que te podes ate deitar no chao em caso o objecto seja mais pequeno que tu entendes? Ainda bem que o Tiago nao vai concorrer ia varrer com os premios.

Oh Joao vira o teu telemovel pro lado o flash da maquineta faz-mne piscar os olhos..obrigada :)

Boa noite para todos...vou ir la cima que ja temos novo post e mt interessante.
De J.A.S FCP a 14 de Julho de 2010 às 22:05
ENTÃO QUE ANDA A FAZER O PESSOAL?...
VAMOS TODOS POR AS MAQUINAS FOTOGRAFICAS E OS TELEMOVEIS A FUNCIONAR,VAMOS FOTOGRAFAR OUTEIRO SECO...
OLHEM QUE O PREMIO DEVE SER BOM...
De leonor.moreira a 14 de Julho de 2010 às 21:53
Boa tarde Berto,
por caso já tenho ali umas fotos,estou é indecisa na escolha,mas olhe q essas ideias não são de deitar fora...
Nunca tinha pensado em tirar uma foto aos calos,mas não é mal pensado.
O pessoal, acho q ja tem as fotos e vamos todos cumprir atempadamente.
cmps
leonor.moreira
De leonor.moreira a 14 de Julho de 2010 às 21:46
Bff,estás a ver como eu tinha razão?
Olha,eu tenho uma pessoa amiga,até é médico ..cura os seus pacientes...mas quando teve uma pneumonia,curou-a com gengibre.
Obrigada Geno pela pesquisa,não sabia que a sua utilização era tão abrangente...
Ouvi o Dr.Oz aconselhar a rilhar um cibo de gengibre dp de comer para queimar as gorduras...
Estamos spre a aprender e com o Geno é só falar...está logo pronto a ajudar.
Abraço, miudo.
De Berto a 14 de Julho de 2010 às 21:35
Olá a todos,
Hoje fiz mais tarde a minha visita diária por estas bandas e, sinceramente, não posso acreditar que ninguém tenha enviado ainda fotos.
Se o regulamento tivesse ficado com a versão inicial que apresentei ao Altino, se calhar até podia perceber, mas mais fácil do que aquilo que está, é impossível.
Na nossa Aldeia, felizmente, não faltam motivos aos quais tirar fotografias, depende apenas de como cada um vê esses motivos.
Vou deixar um exemplo simples, o ano passado o Tiago e eu estávamos a tirar umas fotografias a umas flores nos canteiros da minha mãe, mas nem sei dizer o nome (são umas espécie de bolas com muitas pétalas enroladas vermelhas e salpicadas de algumas brancas).
Eu como sou ligeiramente mais alto que o Tiago, tenho a tendência a tirar as fotografias de cima para baixo ou ao nível do meu olhar e, ficavam bem.
Mas quando fui ver as do Tiago fiquei surpreendido, porque as plantas eram mais altas do que ele, então teve de tirar as fotografias de baixo para cima e ficaram apenas as tais bolas vermelhas sobre o fundo azul do céu. O ano passado ele tinha 4 anos.
Eu não posso concorrer, nem seria justo porque fiz o regulamento e também não vou enviar fotografias do Tiago porque não seria ele a fazer todo o processo e também não seria correcto para com os demais.
Mas acho que tirar uma fotografia a uma pedra, a uma flor ou os mais novos por acaso já repararam nas rugas e nos calos que os seus pais têm nas mãos? Nesta última situação, nem precisam de sair de casa. Ninguém tem um gato em casa, um canário que possa soltar uns minutos enquanto o fotografa a voar? Já alguém reparou para o padrão do chão que pisa? ou para a formações das nuvens? Não há património suficiente na nossa aldeia (quero dizer para este efeito, porque nunca é demais)? Já alguém fotografou uma folha recém arrancada pelo vento?

E quem está fora e só chega uns dias antes, não sei, teria que ser o Altino a decidir e ver se pode aceitar as fotos na última da hora.

Ainda há pouco vimos uma exposição de fotos de crianças da Escola Francisco Sá Carneiro.
Hoje, qualquer máquina em automático tira fotos mais do que razoáveis. Julgo que não há desculpas para que não haja até fotos em excesso.
Mesmo uma foto que à primeira vista possa parecer de má qualidade, depois de impressa pode ficar totalmente diferente.

E para além disso tudo, quem utilizar máquinas digitais não precisa de se preocupar com o preço dos rolos, das revelações e de saber os resultados apenas nessa altura.

Bem, espero ter ajudado e se alguém precisar de esclarecimentos ou de qualquer tipo de ajuda, sabe onde encontrar-me.
Boa noite,
Berto
De Lurdes Figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:45
porque sera que eu sou sempre o" bombinho da pancada?"
De Lurdes Figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:42
ahahahahah ja te fizeram caso miuda olha o Genito que bem mandado é!

bff perguntinha rapida para ti: tenho um toutiço no pe que sera?
De geno figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:42
o gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu pelas regiões tropicais do mundo. Outro nome conhecido no norte do Brasil, principalmente pelos indígenas é Mangarataia ou mangaratiá.

É conhecido na Europa desde tempos muito remotos, para onde foi levado por meio das Cruzadas. Em Portugal existe registo da sua presença desde o reinado de D. João III (1521-1557).

No Brasil, o gengibre chegou menos de um século após o descobrimento. Naturalistas que visitavam o país (colônia, naquela época) achavam que se tratava de uma planta nativa, pois era comum encontrá-la em estado silvestre. Hoje, o gengibre é cultivado principalmente na faixa litorânea do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo, em razão das condições de clima e de solo mais adequadas. Trata-se de uma planta perene da Família das Zingiberáceas, que pode atingir mais de 1 m de altura. As folhas verde-escuras nascem a partir de um caule duro, grosso e subterrâneo (rizoma). As flores são tubulares, amarelo-claro e surgem em espigas eretas.

De geno figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:43
Como planta medicinal o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo. Suas propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

Popularmente, o chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriado e até ressaca além de comprovadamente tornar as pessoas mais inteligentes. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de diminuir a congestão nasal, cólicas menstruais e previne o câncer(cancro) de intestino e ovário.

Desde a Antiguidade, o gengibre é utilizado na fabricação de xaropes para combater a dor de garganta. Sua ação antisséptica pode ser a responsável por essa fama, tanto que muitos locutores e cantores revelam que entre os seus segredos para cuidar bem da voz está o hábito de mastigar lentamente um pedacinho de gengibre. No entanto, esse hábito (mascar gengibre e em seguida cantar ou falar, enfim, fazer uso da voz) é contra-indicado visto que o gengibre possui também propriedades anestésicas e esta "anestesia tópica" diminui o controle da emissão vocal, favorecendo o aparecimento de abusos vocais.

Recentemente, o programa de TV americano Myth Busters (no Brasil conhecido como "Os Caçadores de Mito") comprovou sua eficácia como uma solução natural para enjoos e tonturas. No programa, dois voluntários foram submetidos ao teste de girar vendados em uma cadeira desenvolvida pela NASA para testar astronautas. Ambos permaneceram durante cerca de 40 minutos sem sentir qualquer tipo de náusea. Este teste foi realizado nos mesmos voluntários diversas vezes utilizando outros medicamentos naturais. Por todas as vezes os voluntários permaneceram na cadeira uma média de 4 minutos antes de "vomitarem".

No Japão, massagens com óleo de gengibre são tratamentos tradicionais e famosos para problemas de coluna e articulações. Na fitoterapia chinesa, a raiz do gengibre é chamada de "Gan Jiang" e apresenta as propriedades acre e quente. Sua ação mais importante é a de aquecer o baço e o estômago, expelindo o frio. É usada contra a perda de apetite, membros frios, diarréia, vômitos e dor abdominal. Aquece os pulmões e transforma as secreções. A medicina ayurvédica reconheceu a ação dessa planta sobre o sistema digestivo, tornando-a oficialmente indicada para evitar enjoos e náuseas, confirmando alguns dos seus usos populares, onde o gengibre é indicado na digestão de alimentos gordurosos.


De geno figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:46
Cultivo
Os rizomas da planta, as partes subterrâneas e comestíveis, são os responsáveis pela propagação vegetativa. A produção no Brasil é pequena e quase totalmente absorvida pelo mercado externo. Para o cultivo, o solo ideal deve ser argilo-arenoso, fértil e de boa drenagem. A cultura necessita de muita água, mas não suporta encharcamento. De acordo com os técnicos do Instituto Agronômico do Paraná, o plantio deve ser feito no início da estação das chuvas.

O gengibre prefere solos com pH entre 5,5 e 6,0 e a correção com calcário deve ser feita no mínimo três meses antes do plantio. Os sulcos de plantio precisam ter cerca de 15 centímetros de profundidade e a distância recomendada entre os rizomas é de 5 a 8 centímetros. Depois de plantados, os rizomas são cobertos com uma camada de 10 centímetros de terra.

Embora resistente, o gengibre necessita de alguns tratos culturais: a chamada "amontoa" (o rizoma cresce para cima, portanto, é preciso cobri-lo periodicamente com terra), a irrigação e o controle de pragas. O ciclo da planta varia de sete a dez meses. Os rizomas estão no ponto de colheita quando as folhas começam a amarelar.

O gengibre tem ação bactericida, é desintoxicante e acredita-se também que possua poder afrodisíaco. Suas propriedades afrodisíacas e estimulantes são conhecidas há séculos. Na medicina chinesa tradicional, por sua reconhecida ação na circulação sanguínea, ele é utilizado contra a disfunção erétil. Além disso, o óleo de gengibre também é utilizado para massagear o abdômen, provocando calor ao corpo e excitando os órgãos sexuais.

O gengibre possui sabor picante e pode ser usado tanto em pratos salgados quanto nos doces e em diversas formas: fresco, seco, em conserva ou cristalizado. O que não é recomendado é substituir um pelo outro nas receitas, pois seus sabores são muito distintos: o gengibre seco é mais aromático e tem sabor mais suave.

O gengibre fresco é amplamente utilizado na China, no Japão, na Indonésia, na Índia e na Tailândia. No Japão costuma-se usar o suco (do gengibre espremido) para temperar frango e as conservas "beni shouga", feitas com os rizomas jovens, que são consumidas puras ou com sushi. Já o gengibre cristalizado é um dos confeitos mais consumidos no Sudeste Asiático.

O seu caule subterrâneo é utilizado como especiaria desde a antiguidade, na culinária e na preparação de medicamentos.

Graças ao seu alto poder bactericida, tem-se comprovado que o consumo desta planta em estado cru por cerca de 30 dias (pode-se moer e acrescentar adoçante, mel, etc.) elimina de vez a bactéria Helicobacter pylori existente em casos de gastrite ou úlceras. [carece de fontes?]
De geno figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:38
Gengibre English Spanish Translation | Traductor ingles español

Translation of gengibre on the Internet's leading Spanish English dictionary.

www.spanishdict.com/translate/gengibre · Cached pageGengibre - Aliviando a gargantaTranslate this page

Comece a aliviar sua garganta agora. Cadastre-se no Gengibre e solte sua voz.

www.gengibre.com.br · Cached page
De geno figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:47
Zingiber officinale
Classificação científica
Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Liliopsida

Ordem: Zingiberales

Família: Zingiberaceae

Género: Zingiber

Espécie: Z. officinale


Nome binomial
Zingiber officinale
Roscoe, 1807
De Lurdes Figueiras a 14 de Julho de 2010 às 19:37
ahahahahahahha acho que ninguem te vai fazer caso ahaahahahahah te ouça ate penssam que estou de diet.... ai miuda impinei o coiso congelado e sujei a camisola mulher agora parece mancha de vinho....pois primeiro foi o de laranja e depois o de uva olha ja me sinto com menos calor e tudo...

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos