Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Lontra no rio Tâmega - zona de Outeiro Seco

 

 

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 23:03
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 17 de Setembro de 2011 às 08:02
É de facto um encontro maravilhoso com um animal da nossa fauna muito difícil de observar em liberdade, no entanto não é uma Lontra..
Parece ser mais um Toirão (ou similar) aliás o comportamento da Lontra seria mergulhar e vir a superfície mergulhar vir a superfície porque está muito adaptada ao meio aquático.
A Cauda da Lontra também é mais comprida e o focinho tem outra forma. Este animal mantém sempre a cabeça fora de água porque não é o seu meio natural.
Mas mais uma vez e como sou um amante da Natureza volto a dizer é um registo espectacular . Parabens.
De Paulo Reis a 18 de Outubro de 2010 às 00:16
Para meu espanto, vi uma lontra (seria a mesma?) junto à Ponte Romana no dia 16 à noite (cerca das 20:45H). Fiquei abismado pois não sabia da existência de lontras no rio e sobretudo numa área tão urbana!
De J.A.S FCP a 11 de Agosto de 2010 às 21:50
ESTE VIDEO ESTA ESPECTACULAR...
PARABENS AO SEU AUTOR,POIS PARA FAZER ISTO É PRECISO ESTAR NO LOCAL,NA HORA E NO MOMENTO CERTO...
DESEJO QUE ESTA LONTRA ENCONTRE O SEU PÁR PARA QUE DAÍ RESULTEM MAIS "LONTRINHAS" VAMOS DEIXA-LA VIVER LIVREMENTE!...
De Joaquim Costa a 12 de Agosto de 2010 às 00:18
Na zona onde esta foi avistada, deve haver mais alguma(s). Há dois anos, por esta mesma altura (Agosto/Setembro) e na mesma zona do rio, vi durante quase um minuto 3 (três) lontras ainda "bebés" a brincar na erva, junto à água.
Era também um fim de tarde. O espectáculo é lindíssimo!
Se ninguém lhes fizer mal, continuaremos a poder apreciá-las.
Saibamos respeitálas...
Mas os nossos rios têm também outros motivos de interesse.
De Leonardo Gerevini a 4 de Março de 2011 às 19:27
Parabéns professor pelas imagens lindíssimas da lontrinha, Outeiro- Seco é uma terra de sonho!!!

Leo
De Ulisses Guerra a 11 de Agosto de 2010 às 21:07
Olá amigos e amigas: Agora que vimos o bichinho em vídeo, vamos deixá-lo em paz, esperando que ande um companheiro (a) por cerca para procriarem. Ulisses
De moreira.leonor a 11 de Agosto de 2010 às 20:00
A americana não tem aparecido.Querem ver q já chegou de férias e não disse nada ao pessoal?
Ó Lula,já estás em Outeiro Seco,miuda ou nao queres dizer?
De moreira.leonor a 11 de Agosto de 2010 às 18:46
Boa tarde amigos,
será uma brincadeira ou é mesmo a sério?
Que lindo bichinho!
Vou ali rir um cibo das"mexilhonas"à sombra dos amieiros...ahahah
Lula,que achas deste post?
E eu que queria concorrer com uma fauna gira e meiguinha!
Já não vou a tpo..
cmps pra todos
leonor.moreira
De Manuel Ferrador a 11 de Agosto de 2010 às 17:10
Olá amigos (as)
Partilho inteiramente da opinião do Nuno e da minha Irmã quanto à beleza deste animalzinho inofensivo e que quase desapareceu por completo, pelo menos nos rios da nossa área geográfica.
O Nuno pergunta se no Tãmega , mais precisamente na zona denominada Rigueiras, ainda há mexilhões. Pois bem Nuno; fica a saber que também os mexilhões desapareceram, muito embora, ao fresco proporcionado pelos amieiros, há quem diga que aparecem umas mexilhonas ". Se é verdade não sei, mas que o dizem é um facto.
De Albertina a 11 de Agosto de 2010 às 15:18
Boa Tarde, Amigos!

Que belas imagens! Gosto imenso destes animaizinhos e ignorava que ainda pudessem ser vistos no nosso Tâmega. Como diz o amigo Nuno, espero que as deixem reproduzir-se em quantidade suficiente, para podermos desfrutar da sua beleza.
Parabéns ao Dr. Joaquim Costa, por partilhar connosco estes momentos tão agradáveis.

Abraço a todos.
De Nuno Santos a 11 de Agosto de 2010 às 09:55
Olá amigos,
Há mais de quarenta anos, era frequente verem-se lontras no nosso rio. Infelizmente os caçadores furtivos, e provavelmente, também as alterações introduzidas na bacia hidrográfica do nosso rio, primeiro com a construção do açude, e depois com a exploração das areias, quase extinguiu essa espécie, ou pelo menos deixaram de ser tão visíveis. Oxalá agora as preservem, e que as lontras se reproduzam o suficiente, para o aumento da biodiversidade da nossa fauna. Há dias foi notícia nacional, a proibição de construção de uma das cinco barragens, previstas construir aí na nossa região, em nome da preservação de uma espécie de mexilhão. Recordo-me que na minha juventude havia Rigueiras, centenas desses mexilhões, e pese embora eu há anos que não vou às Rigueiras, creio que essa espécie de mexilhões desapareceu desse habitat. Alguém pode dizer algo sobre isso?
Um abraço,
Nuno
De Anónimo a 12 de Agosto de 2010 às 13:40
Lontra?!

Reparem na saída da água-

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos