Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    geno figueiras 13.01.2011

    Benfica e União de Leiria
    Em 2000, surge a oportunidade de treinar uma equipa portuguesa. É escolhido pelo Sport Lisboa e Benfica para substituir Jupp Heynckes após a 4ª jornada da liga portuguesa. O primeiro jogo foi a 23 de Setembro de 2000, no Estádio do Bessa, frente ao Boavista, tendo o Benfica perdido por 1-0.

    Quando começa a conquistar os adeptos benfiquistas (especialmente depois da vitória contra o rival Sporting Clube de Portugal por 3-0) há eleições no Sport Lisboa e Benfica. Muda a presidência de João Vale e Azevedo para o Manuel Vilarinho. Mourinho sai do Benfica após 9 jogos, uma vez que o novo presidente tinha um treinador e Mourinho sabia que estava a "prazo" no Benfica.

    Ainda durante essa época, é contratado para o União de Leiria, no qual viria a assumir funções na época 2001/2002 e onde se manterá até Janeiro de 2002.
  • Sem imagem de perfil

    geno figueiras 13.01.2011

    F.C. Porto
    Em Janeiro de 2002, é escolhido para substituir Octávio Machado no comando técnico do FC Porto. Concluiu a época em terceiro lugar, conseguindo um total de 11 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, tendo saído com ele, da União de Leiria, o jogador Derlei.

    Mourinho promete com invulgar certeza o título na época seguinte pelo FC Porto: "na próxima época seremos campeões".

    Mourinho rapidamente identifica os jogadores-chave: Vítor Baía, Ricardo Carvalho, Jorge Costa, Costinha, Deco, Dmitri Alenichev e Postiga. A esta espinha dorsal juntam-se, entre outros, Maniche e Edgaras Jankauskas (Benfica), Paulo Ferreira (Vitória de Setúbal), Nuno Valente e Derlei (ambos da União de Leiria). Com o rigor táctico e a determinação sui generis de Mourinho o Porto cresce em Portugal assim como na Europa. Em dois anos venceram duas competições europeias e as duas Superligas.

    Em 2003, Mourinho ganha o primeiro campeonato português com 27 vitórias, 5 empates e 2 derrotas, vence a Taça de Portugal (contra o seu anterior clube, União Leiria) e conquista a Taça UEFA (contra o Celtic Football Club).

    No ano seguinte, o FC Porto conseguiu ganhar mais uma vez a Superliga, agora com 8 pontos de vantagem. Perde na final da Taça de Portugal contra o rival SL Benfica, mas 2 semanas, depois, triunfa na mais alta prova da UEFA, a Liga dos Campeões da Europa, derrotando o AS Monaco (3-0). Em toda a prova o FC Porto de Mourinho só perdeu com o Real Madrid na primeira fase de Grupos e eliminou depois o Manchester United, Olympique Lyonnais e o Deportivo La Coruña
  • Sem imagem de perfil

    geno figueiras 13.01.2011

    Chelsea
    Com tal percurso não foi surpresa a cobiça de diversos clubes, entre eles o Chelsea de Roman Abramovich. Em Portugal, alguns duvidaram que o sucesso de Mourinho se mantivesse além-fronteiras. Em Junho de 2004, torna-se um dos treinadores mais bem pagos do Mundo ganhando cerca de 5 milhões de Libras por ano.

    Tal como fez no FC Porto, Mourinho não vai só. Leva consigo os seus adjuntos Baltemar Brito (actualmente treinador do Al-Ittihad Trípoli) e André Villas (actualmente treinador do FC Porto), o preparador Físico Rui Faria e o treinador de guarda-redes Silvino. A fortuna do russo Roman Abramovich ajuda Mourinho na contratação de Tiago Mendes (Benfica), Didier Drogba (Marselha), Arjen Robben e Mateja Kežman (PSV), Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira (FC Porto).

    Em Dezembro de 2004, já era líder do campeonato inglês. Em 27 de Fevereiro de 2005, vence o Liverpool por 3-2 a Taça da Liga e conquista o seu primeiro troféu, como treinador, fora de Portugal. Dois meses mais tarde, a 30 de Abril de 2005, Mourinho sagra-se campeão inglês após ter vencido o Bolton por 2-0. O Chelsea FC não ganhava o Campeonato havia 50 anos.

    Ficou uma pedra no sapato de Mourinho: a 3 de Maio de 2005, é eliminado da Liga dos Campeões pelo Liverpool, na meia-final, depois de eliminar nos quartos-de-finais o gigante FC Barcelona de Ronaldinho Gaúcho. Entretanto, renovou o contrato com o Chelsea FC.

    Na época seguinte, 2005-2006, Mourinho e o Chelsea FC voltam a conquistar a 1ª liga.

    A 20 de Setembro de 2007, José Mourinho e o Chelsea chegaram a mútuo acordo para rescisão de contrato.[3]. Porém no dia 18 de Setembro a confirmação de demissão já haveria sido efectivada. O russo Roman Abramovich trocou Mourinho pelo director de futebol Avram Grant.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.