Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

4 relíquias de se lhe tirar o chapeu

outeiroseco, 16.07.11
 
 
 
 
 

Ora, com as devidas desculpas, pela demora, aqui vos apresento 4 peças enviadas pelos amigos Carminda Chaves e Artur Moura, com a devida legendagem. Obrigado Membros Fundadores, pela contribuição, que integrarão e enriquecerão, por certo, o nosso Museu Virtual.

 

MALGA/TIJELA

Fabricada na Real fábrica de Sacavém, ostenta na base exterior o selo da série de fabrico, “GILMAN”.

Estima-se que possua cerca de 100 anos de vida.

Usada para servir a sopa em dias de festa ou de visita aos donos da casa. Serve actualmente para decoração.

TERRINA

Fabricada na Real fábrica de Sacavém, ostenta na base exterior o selo da série de fabrico, “GILMAN”

Estima-se que possua cerca de 100 anos de vida.

Usada para servir a sopa em dias de festa ou de visita aos donos da casa. Serve actualmente para decoração.

PAR DE GARFOS

Garfos em ferro sem qualquer revestimento ou cromagem.

Facilmente oxidáveis, obrigavam as donas de casa a usar um pano húmido envolto em cinza, mais tarde palha-de-aço, a fim de lhes dar um pouco de brilho.

Apresentam os dentes bastante afiados devido à prolongada utilização entre os anos 40 e os anos 70 do século XX.

FERRO DE PASSAR

(Aquecido com as brasas da lareira)

Corpo em ferro com entradas de ar laterais e tampa levadiça.

Fabricado Pela Oliva em S. João da Madeira, estima-se que por volta da década 30 do séc. passado.

Manteve-se em uso cerca de 35 anos em casa dos nossos avós e pais.

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2