Sexta-feira, 30 de Agosto de 2013

No rescaldo e reflexão dos incêndios

 
 
 
 
 
 

 
 
 

Trazemos de novo imagens impressionantes da força e garra do povo de outeiro seco, em especial dos mais jovens que combateram heroicamente a zona habitacional, sem a qual poderia ser uma grande desgraça.

É hora de estar alerta, que ainda há zonas verdes e o perigo é sempre eminente, mas não podemos deixar arrefecer o assunto e vamos iniciar um novo ciclo de reflexão e de tomada de medidas em concreto.

Da reflexão que já fiz, revendo alguma documentação e ouvindo algumas pessoas que estiveram envolvidas aqui vai um esquiço de um documento que pretendo entregar às entidades competentes:

1-      Existe legislação sobre os incêndios, nomeadamente florestais que urge por em prática, mormente o decreto lei nº 124/2006, alterado pelo nº 17/2009 em que obriga, claramente, que numa faixa de 50 metros em volta das habitações são obrigados a fazer a gestão dos combustíveis. Atualiza-se a legislação e apliquem-se as leis. Doa a quem doer… "Dura lex, sed lex".

2-      Um grupo de cidadãos pode recorrer a diversas formas de proteger as suas habitações, nomeadamente no contato com as autoridades, o recurso a abaixo assinados ou aprovação de documentos em Assembleia de Freguesia, entregues a todas as entidades desta área e levados à Assembleia Municipal.

3-      Fazer uma ampla sensibilização, a começar nas escolas, associações de todo o ídolo, para uma educação ambiental com uma forte componente prática.

4-      Sejam dados mais meios aos agentes de combate aos incêndios, garantindo sempre os serviços mínimos de ataque imediato, mesmo que estejam em missões de socorro aos vizinhos.

5-      O fogo tem de ser atacada na raiz…nos minutos imediatos. Assim para além das forças oficiais de combate têm de se dar meios às populações, geridos pelas Juntas de Freguesia ou organizações locais constituídas para o efeito. Cada localidade deve possuir bocas-de-incêndio em quantidade suficiente, bolsas de água bem localizadas e fundamentalmente chaves para abrir as bocas-de-incêndio e meia dúzia de mangueiras de 100 metros, além de um conjunto de material próprio para o combate (enxadas, pás, apaga fogos, máscaras,….)

6-      Devem ser punidos de uma forma exemplar todos os que contribuem para o surgimento dos incêndios quer de uma forma criminosa, por neglicência ou por interesses comerciais.

7-      As propriedades do Estado e das Autarquias têm de dar o exemplo… devem cumprir os requisitos legais para terem moral para aplicar as coimas.

A sua opinião é importante… acrescente nos comentários mais pontos ou envie para email do blogue os seus pontos de vista

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 10:33
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos