Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2007

Outeiro Seco e as suas origens

- Aqui nasceu Outeiro Seco
Aceite esta mensagem, ao visitante de Santa Ana apetece-me dizer-lhe como Jeová a Moisés: “ Descalça as sandálias dos teus pés porque o terreno que pisas é sagrado.” É que, já dentro da muralha exterior do Castro de Santa Ana, lá está ainda, embora mutilado, o maciço de penedia com marcas visíveis de degraus para a subida ao altar rupestre. Lá, nesse altar de pedra, nessas lajes sacralizadas, almas primitivas a que chamaram pagãs, comunicaram com o mundo dos seus deuses.
Também aí, mais tarde, almas cristãs resguardaram o mesmo recinto sagrado por quatro paredes cobertas, operando um culto de substituição - um altar cristão substitui um altar pagão.
* texto da autoria do Professor Manuel José Carvalho Martins, escrito na revista “Outeiro Seco”, Novembro de 1990
 
 
sinto-me: feliz pelo primeiro post
tags:
publicado por outeiroseco às 19:12
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Nuno Santos a 12 de Fevereiro de 2007 às 21:07
Olá
Diz o poeta que "Só se lembra dos caminhos velhos quem tem saudades da terra" também eu um outeiro secano exilado na capital há mais de 30 anos, exulto com tudo que diz respeito à minha terra, quer sejam os eventos culturais e desportivos que visam manter as tradições quer agora com este blog sinal que o choque tecnológico chegou a Outeiro Seco. Parabéns, continuem.
Nuno Santos (Lisboa)
De altino a 13 de Fevereiro de 2007 às 18:43
obrigado pelo comentário

agora espero a tua colaboração.

faz um texto (não muito longo) e sugere uma foto e depois e coloco-o no blog

Um abraço

Altino
De J. Pereira a 11 de Fevereiro de 2007 às 20:19
Parabéns.
É com a maior alegria que tenho conhecimento do Blog de Outeiro Seco, terra onde tenho alguns amgos muito antigos, mas por onde passei uma única vez e foi há muito pouco tempo. Lembro os meus contemporâneos, Luís Aguiar, Novais, Coelho e Martins, colegas de escola e de muitas brincadeiras. Para já prometo a minha visita quotidiana e um link no Blog de Valdanta. Força e vamos em frente!...
De Rogério Coelho a 11 de Fevereiro de 2007 às 15:03
Bem-vindo ao mundo da blogosfera flaviense
Parabéns pelo blog, cá estarei para ir espreitando o que aqui se for publicando.
Ficará o link desde já disponivel no www.faioes.blog.com para que visitem este blog
De riolivre a 10 de Fevereiro de 2007 às 23:49
Ver a nossa região e, particularmente, as aldeias do concelho de Chaves no éter é um grande prazer.
Outeiro Seco diz-me muito. Vivi muito perto daí durante um longo período da minha vida mas, sobretudo, tenho por aí muitos e bons amigos.
Toca a mostrar o que valem!...
Cá estarei para vos visitar sempre que se proporcione.
Celestino Chaves
De Tupamaro a 10 de Fevereiro de 2007 às 09:34
Mais um motivo de contentamento e de esperança para os Flavienses.
Seja bem - aparecido!
Está "bem parecido".
E está "bem apresentado"!
Tupamaro
De dmpires a 8 de Fevereiro de 2007 às 17:08
Parabéns pelo aparecimento de mais este blog e votos de uma longa vida. Outeiro Seco merece-o.
De Fer.Ribeiro a 8 de Fevereiro de 2007 às 02:41
...e link.
De Fer.Ribeiro a 8 de Fevereiro de 2007 às 02:37
Ok!, também é com gosto que deixo aqui o primeiro comentário e a promessa que no próximo sábado terá post e dedicatória no Blog Chaves.

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos