Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Excursão de Verão - Memorável

 

Conforme tínhamos anunciado ontem, Domingo, realizaram-se em Outeiro Seco duas actividades de carácter cultural, lúdico e desportivo. O passeio de Verão, organizado pela Junta de Freguesia e o tradicional torneio de malha. Deste último aguardamos informações e fotos para poder colocar num post, mas já se encontram disponíveis na página da Casa de Cultura.

Quanto ao Passeio de Verão correu de uma forma esplêndida, de acordo com a opinião generalizada dos intervenientes. A organização sendo da Junta de Freguesia contou com a prestimosa colaboração do Nuno Afonso, designado coordenador da missão, que teve uma excelente prestação. Assim a partida ocorreu por volta das 7h45, cada conterrâneo ocupou o lugar de acordo com a inscrição e partimos rumo a Guimarães, para visitar o Santuário de S. Torcato. Depois das boas vindas e desejo de um bom passeio, alegre, cultural e de confraternização, dadas pelo Presidente da Junta, foram prestadas todas as informações dos locais a visitar e entregues um documento com diversas canções. Chegado a S. Torcato, houve tempo para o pequeno almoço a que se seguiu a visita à Igreja do Séc. 19, onde se pode observar o corpo incorrupto de São Torcato. Seguimos para Guimarães, relativamente perto, onde visitamos o Paço Ducal de Guimarães, construído no ano de 1422, que se encontrava aberto ao público e foi possível visitar todos os espaços. Magnífico, espectacular, recomenda-se uma visita. O castelo, logo ao lado, foi motivo de grande admiração, pois sendo classificado como Monumento Nacional, mantém a sua traça original e muito bem conservado. Os mais corajosos e com condições físicas subiram ás zonas mais elevadas e alguns foram mesmo ao terraço, com vistas magníficas para a cidade. A subida ao Santuário da Penha foi feita ainda de manhã. Um relvado esperava a comitiva onde se estenderam os abastados lanches, tendo havido uma união e partilha muito interessante. Não faltou nada, pois as senhoras esmeraram-se na preparação de tanta variedade gastronómica. Depois do café uma visita ao santuário da Penha, uma construção recente, onde foi visitada pela maioria dos participantes no passeio. Foi possível desfrutar das vistas a partir do adro do Santuário. Partimos em direcção à Povoa do Varzim, onde as imagens são bem elucidativas do contentamento e admiração da maioria dos nossos conterrâneos. O regresso deu-se pelas 18h30, ainda com uma pequena paragem para reconfortar o físico e seguimos em direcção à nossa terra, sempre em grandes cantorias, com a colaboração de alguns amigos mais dinâmicos.

A Junta de Freguesia agradece a todos os participantes pela forma exemplar como cumpriram as regras, pela colaboração prestada e pelo espírito sempre alegre e bem disposto. Um agradecimento especial ao Nuno Afonso, que para além dos dotes de bom comunicador e coordenador descobrimos que também sabe cantar o fado. Quem sabe ainda um dia nos vai animar uma sessão em Outeiro Seco.

Obrigado a todos e para o ano esperamos estar com o mesmo ânimo para repetir o passeio.

sinto-me:
publicado por outeiroseco às 09:58
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Nuno Santos a 26 de Agosto de 2008 às 08:35
Antes de mais não posso ficar indiferente ao simpático elogio que o administrador do blog me faz. Quero ainda dizer que para mim, foi muito agradavel este passeio, não só pela vertente cultural do mesmo, mas,porque os intervenientes nunca questionaram qualquer orientação dada, quer sobre a questão dos lugares, dos locais a visitar, dos horários, nada.
Para mim viajar é das melhores coisas que se faz. Em Outeiro Seco, há essa boa prática desde há muitos anos. As primeiras excursões foram organizadas pelo meu avô Eurico, a Lamego à Sra. dos Remédios, a partir da década de sessenta passaram a organizar-se excursões a Fátima. Estas excursões demoravam cerca de uma semana, tinham passagem obrigatória na ida ou no regresso, pelo Porto, Coimbra, Nazaré, Lisboa, e Sintra. Na época não havia as arcas de conservação dos alimentos e a maioria do participantes, dormia no autocarro, pelo que quando chegavam os homens vinham com as barbas crescidas, e as mulheres com aspecto mais desmazelado, mais pareciam quevinham de uma refrega que de uma viagem de turismo. Estas excursões tiunham sempre um cariz religioso desde logo porque ocorriam sempre pelo 13 de Maio razão porque se diziam excursões a Fátima. Houve um ano em que se fizeram duas em simultâneo. Uma organizada pelo padre João Sanches comomera habitualoutra pelo Sr. Manuel da Cruz depois de ter havido um desentendimento entre os dois. O autocarro do Sr. Maniuel da Cruz encheu em Outeiro Seco o do Padre João foi reforçado compessoal de Santa Cruz e Bustelo. Mas gostaria ainda de dizer, que Portugal é mais que o Litoral, há terras e locais muito bonitas para o interior, é importante que se descubram também esses locais e lembrem-se não há nada melhor que viajar.
Um abraço,
Nuno Afonso dos Santos

Comentar post

.Mais sobre mim

.E-Mail

outeiro_seco@sapo.pt

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Quem conhece as atletas d...

. Que 2007 traga tudo do me...

. A todos um bom Natal...a ...

. A minha era um pouco mais...

. Faleceu a Srª Eugenia Adr...

. Aleluia... tardou mas che...

. Homenagem aos Outeiroseca...

. Vamos todos aos Santos..a...

. Museu Alberto Sampaio - G...

. Ainda o São Miguel 2016.....

.Links

.Arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. desporto

. história

. património

. primavera

. aldeia

. cultura

. direitos e deveres

. igreja

. mundo

. todas as tags

.Pesquisar neste blog

 

.As minhas fotos