Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Requalificação da Capela de Santa Ana

outeiroseco, 28.08.08

 

Fotos Altino Rio

A requalificação da capela da Santa Ana é um bom exemplo, em como a sociedade civil pode contribuir para o progresso e desenvolvimento das comunidades. Tudo começou depois da comemoração da festa em honra da Santa Ana, no passado dia 27 de Julho, levada a efeito por duas dinâmicas moradoras deste bairro, a Isabel Baptista e Manuela Madeira. Foi aí que se aperceberam das deploráveis condições em que se encontrava a cobertura da capela.

Desde logo, surgiu-lhes a ideia de partirem para a requalificação da cobertura, assim como o prolongamento do cabide há anos retirado.  Apesar da polémica sobre quem é o titular desta capela, as mentoras do projecto, contactaram a Comissão da Fábrica da Igreja, que lhes deu autorização, com a recomendação de manterem a traça arquitectónica.

 As obras têm sido executadas por amigos, um destaque especial para o Miguel Rodrigues como mestre da obra, tendo como colaboradores mais assíduos; o Edgar Silva, Fernando Pereira da Costa, Eusébio Costa Cunha, Nuno Pipa, Carlos Rio, Fernando Ervões, António Rodrigues e eventualmente outros a quem peço desculpa por omitir. Os materiais utilizados assim como os fundos necessários ao financiamento da obra têm sido também angariados pela Isabel Baptista e Manuela Madeira. 

Do projecto inicial que era apenas o arranjo da cobertura, decidiram fazer também alguns arranjos no interior, nomeadamente eliminar alguns elementos que não se inseriam bem com a temporaneidade da capela como os azulejos. Essa intervenção permitiu fazer a descoberta de algo esteticamente belo, como uma sagrada família cavada na rocha, digna de ser visitada.

Todos sabemos que as obras sendo de arte ou de outro género são sempre susceptíveis de crítica positiva ou negativa. A minha crítica é positiva gostei do que vi e daquilo que me foi apresentado como expectativa do trabalho final. Quero aqui deixar um reforço positivo à Isabel Baptista e Manuela Madeira, valorizando o facto de serem outeiro secanas por adopção, fazendo votos e que este exemplo perdure para a requalificação das capelas da Sra. do Rosário e da Sra. Da Portela também tão necessitadas.

Nuno Santos    

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.