Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Outeiro Seco, Tradição e Modernidade

Aldeia transmontana

Paróquia de Outeiro Seco em Fátima

outeiroseco, 01.07.07

 

Depois das festas do Pai Nosso, 1ª Comunhão e Profissão de Fé, celebradas em Outeiro Seco no passado dia 24 de Junho, a nossa comunidade catequista, para comemorar o seu final do ano, realizou neste sábado, dia 30 de Junho, uma peregrinação a Fátima.

A peregrinação foi presidida pelo Sr. Pe. José Banha, e nela participaram todos os catequistas com os seus catequizandos, e ainda, algumas famílias da paróquia de Outeiro Seco.

Como o caminho era longo, a alvorada em especial para os mais jovens foi mais cedo que o costume. O trajecto escolhido foi o da A 24, agora já na sua plenitude, de Vila Verde da Raia a Viseu. Durante a viagem ninguém dormiu porque o microfone não deu descanso, com os jovens a mostrarem os seus dotes de cantores.

A presença do Sr. Padre Banha veio enriquecer esta peregrinação que não se limitou à tradicional visita ao santuário. Depois da missa e duma visita ao túmulo dos pastorinhos na basílica, seguiu-se o almoço que há boa maneira transmontana, dava para o dobro dos presentes.

Após o almoço, fez-se uma interessante visita ao parque temático (Fátima) em que está convertida toda a área que vai do Santuário a Aljustrel, aldeia onde nasceram os pastorinhos. Aí o Sr. Padre Banha animou a via sacra conhecida pelo calvário dos Húngaros, por ter sido oferecida pela comunidade católica da Hungria. Para a maioria dos presentes, esta foi a primeira vez que fizeram esta bela via sacra. Seguiu-se depois a visita às casas dos pastorinhos, a compra de souvenires, e o regresso a Outeiro Seco previsto para as 21,30.

Foi um dia muito agradável em especial por ver convívio e confraternização entre todos os participantes. Espero que iniciativas destas se repitam com mais regularidade.

Nuno Santos

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.